Arnaldo Baptista – Discografia

BIOGRAFIA

Arnaldo Batista (Arnaldo Dias Baptista), cantor e compositor, nasceu em São Paulo-SP no dia 6 de julho de 1948. É mais conhecido por seu trabalho com Os Mutantes. Sua carreira musical tem início em 1962, quando ele forma com seu irmão Cláudio César o grupo The Thunders.

Em 1966, convida seu outro irmão, Sérgio Dias, a se juntar ao grupo Six Sided Rockers, que já contava com a presença de Rita Lee. O grupo daria origem aos Mutantes.

Ali ele desenvolve seus talentos de compositor e arranjador, mas depois de vários problemas e brigas internas, causadas principalmente por seu vício em drogas, ele sai da banda em 1973. Segue, então, carreira de produtor musical, mas o insucesso o motiva a tentar carreira solo.

Lança Lóki? em 1974, considerado seu melhor trabalho. Em 1977 recusa o convite de seu irmão Sérgio para retornar ao Mutantes, formando o grupo Patrulha do Espaço. O novo projeto não vai muito longe, apesar da gravação de um disco de estúdio que só seria lançado parcialmente dez anos depois com o nome de Elo Perdido, assim como uma gravação ao vivo de um show da banda (Faremos Uma Noitada Excelente).

Deixa a Patrulha em 1978, que continua no underground rockeiro. Em 1982 lança outro marco em sua carreira, Singin’ Alone, altamente lisérgico, desesperado, decepcionado, obra que cria um rock profundamente experimental, geradora de novos padrões estéticos. No mesmo ano é internado na ala psiquiátrica do Hospital do Servidor Público de São Paulo devido a seu comportamento agressivo, causado pelo uso excessivo de drogas. Durante a internação Arnaldo sofre um acidente, caindo da janela do terceiro andar. Passou quatro meses e onze dias em coma, mas sobreviveu, com uma séria fratura no crânio que deixaria seqüelas permanentes. Continuou gravando.

Em 1987 lança sua mais radical experiência. Pelo selo independente Baratos e Afins sai a gravação caseira Disco Voador. A gravação é feita em dois canais e surge como um disco quase “terapêutico” para Arnaldo. Há de se considerar ainda, que em 1989, o produtor Carlos Eduardo Miranda produz o álbum tributo Sanguinho Novo – Arnaldo Baptista Revisitado com bandas ascendentes no rock nacional como Sepultura, Ratos de Porão entre outros nomes.

Em 1996 foi contratado pela gravadora Virgin para o relançamento de Singin’ Alone. Aproveitou para regravar o clássico dos Mutantes Balada do louco, que foi lançado como faixa-bônus. Em 2004 lançou seu último trabalho solo de inéditas, Let It Bed, produzido por John Ulhoa, do Pato Fu.

Em 2006 ocorre o retorno do grupo Mutantes e Arnaldo volta a tocar ao lado do irmão Sérgio Dias e do baterista Dinho Leme após 33 anos de sua saída da banda e 30 do fim do grupo. Rita Lee, vocal feminino na formação original, e que fora casada com Arnaldo (especula-se que desentendimentos conjugais teriam levado a saída desta do grupo) não retorna à banda. Zélia Duncan aceita integrar o conjunto.

Esta formação recente durou até Setembro de 2007, quando Zélia comunicou sua saída do grupo para retomar sua carreira solo. Poucos dias depois do anúncio, Arnaldo comunicou que também deixaria a banda para cuidar de projetos pessoais.

Há quinze anos morando em um pacato sítio em Juiz de Fora, Minas Gerais com sua esposa Lucinha Barbosa, Arnaldo passa seu tempo pintando quadros, escrevendo, tocando e compondo. A partir do retorno de sua antiga banda, de importância histórica fundamental para o rock brasileiro, a carreira de Arnaldo passa a ter novas perspectivas.

Em 2008 foi lançado o documentário Loki – Arnaldo Baptista, mostrando toda a trajetória do artista, desde a infância até o retorno dos Mutantes, com apresentações em 2006 e 2007.

Texto: Wikipedia

DISCOS

Loki? (1974)

1. Será Que Eu Vou Virar Bolor?
2. Uma Pessoa Só
3. Não Estou Nem Aí
4. Vou Me Afundar na Lingerie
5. Honky Tonky (Patrulha do Espaço)
6. Cê Tá Pensando Que Eu Sou Loki?
7. Desculpe
8. Navegar de Novo
9. Te Amo Podes Crer
10. É Fácil

Arnaldo & Patrulha do Espaço - Elo Perdido (1977)

1. Sunshine
2. Sexy Sua
3. Cortar Jaca
4. Trem
5. Emergindo da Ciência
6. Raio de Sol
7. Um Pouco Assustador
8. Fique Aqui Comigo

Arnaldo & Patrulha do Espaço - Faremos Uma Noitada Excelente (Ao Vivo - 1978)

1. Emergindo da Ciência
2. Um Pouco Assustador
3. Arnaldo Solizsta
4. Feel In Love Day
5. Cowboy
6. Hoje de Manhã Eu Acordei

Singin' Alone (1981)

1. I Fell In Love One Day
2. O Sol
3. Bomba H Sobre São Paulo
4. Hoje de Manhã Eu Acordei
5. Jesus, Come Back To Earth
6. The Cowboy
7. Sitting On The Road Side
8. Ciborg
9. Corta Jaca
10. Coming Through The Waves Of Science
11. Young Blood
12. Train
13. Balada do Louco (Faixa Bônus)

Disco Voador (1987)

1. Eu
2. Rodas
3. Crazy One’s Ballad
4. Traduções
5. OVNIs
6. Maria Lúcia
7. Jesus Volte Até A Terra
8. Le Foulle Balad
9. I Wanna To Take Off Every Morning

Onde É Que Está O Meu Rock N' Roll (1999)

1. Sexy Sua – Nata Violeta
2. Tacape – Athena
3. The Cowboy – El kabong
4. Jesus Come Back To Earth – Low Dream
5. Ando Meio Desligado – Bootnafat
6. Trem – Ligação Direta
7. Sr. Empresário – Little Quail And The Mad Birds
8. Garupa – Célia Porto
9. El Justiciero – Mata Hari
10. Imagino – Pravda
11. Ciborg – Vernon Walters
12. Te Amo Podes Crer – Animais dos Espelhos
13. A Hora e A Vez do Cabelo Nascer – Marssal
14. Senhor F – Pinturas da Alma
15. Dança de Um Outro Tempo – Bruno Wambier

Let It Bed (2004)

1. Gurum Gudum
2. Woody Woodpecker (Everybody Thinks I’m Crazy)
3. LSD
4. To Burn Or Not To Burn
5. Bailarina
6. Deve Ser Amor
7. Nobody Knows
8. Cacilda
9. Imagino
10. Ai Garupa
11. Encantamento
12. Carrossel
13. Tacape

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: