Green Day – Discografia

BIOGRAFIA

Green Day é uma banda de punk rock dos Estados Unidos formada em 1987 em East Bay, Califórnia. A banda é composta por Billie Joe Armstrong, Mike Dirnt e Tré Cool.

História
Formação e Anos Lookout!: 1987–1993

Mike Dirnt e Billie Joe Armstrong se conheceram aos 10 anos de idade, pouco antes do pai de Billie morrer de câncer. Dirnt foi um dos poucos amigos de Billie que chegou a conhecer seu pai. Quando Mike completou 15 anos, ele se mudou para a casa de Billie e, os dois, para se sustentar, começaram a trabalhar de ajudantes de garçom no Rod’s Hickory Pitt. No ano de 1987, Mike e Billie fundaram uma banda, e a batizaram de Sweet Children. O primeiro show deles aconteceu no dia 17 de outubro daquele ano, no Rod’s Hickory Pit em Vallejo, Califórnia, onde a mãe de Armstrong trabalhava. Em 1988, Armstrong e Dirnt começaram a trabalhar com o ex-baterista do Isocracy, John Kiffmeyer, também conhecido como Al Sobrante. Kiffmeyer atuou como baterista e gerente de negócios da banda, organizando shows e ajudando-lhes a estabelecer uma base de fãs.

Pouco tempo depois, fizeram um show em um clube chamado Gilman Street, nesta mesma época, Tré Cool tocava na banda The Lookouts. Algum tempo depois, Larry Livermore, dono da Lookout! Records, viu a banda tocar, e logo eles conseguiram assinar contrato com a gravadora. Em 1989, o Green Day grava seu primeiro EP, intitulado 1,000 Hours. Antes de 1,000 Hours ser lançado, eles abandonaram o nome Sweet Children, de acordo com Livermore isso foi feito para evitar confusão com outra banda local, Sweet Baby. Por conta disso, mudaram o nome para “Green Day”, nome derivado de uma gíria americana que significa deixar de fazer suas obrigações para ficar fumando maconha o dia todo.

A Lookout! lançaria no início de 1990 o primeiro LP da banda, 39/Smooth. Na sequência mais dois discos lançados, os EPs Slappy e Sweet Children, o último incluiu algumas canções antigas que haviam sido gravadas para a gravadora Skene! Records, de Minneapolis. Em 1991, lançaram o álbum 1,039/Smoothed Out Slappy Hours, uma compilação dos EPs Slappy e 1,000 Hours, além do primeiro disco, 39/Smooth. No final de 1990, logo após a primeira turnê nacional da banda, o baterista Sobrante anunciou sua saída do grupo para frequentar a faculdade. Com a saída de Al, o Green Day chamou um baterista substituto temporário, Dave E.C., que tem créditos na canção “2000 Light Years Away”. Quando se preparavam para gravar seu segundo álbum, eles chamaram um outro baterista, Tré Cool agora fazia parte do grupo, e a formação final do Green Day estava completa. A banda saiu em turnê em 1992 e 1993, com uma passagem pela Europa. Em 1992, Kerplunk foi lançado e a reputação da banda cresceu tornando-a mais produtiva da Lookout! Records.

Inovação e Sucesso: 1994–1996

Com o sucesso de Kerplunk, o Green Day chamou a atenção das grandes gravadoras, e em abril de 1993 eles deixam sua gravadora e foram contratados pela Reprise Records, depois de atrair a atenção do produtor Rob Cavallo. Refletindo sobre o período, Armstrong disse à revista Spin em 1999, “Eu não poderia voltar à cena punk, ou nós éramos o maior sucesso do mundo ou o maior fracasso… A única coisa que eu poderia fazer era subir em minha moto e seguir em frente. “Depois de assinar com a Reprise, a banda começou a trabalhar na gravação de seu álbum de estreia na gravadora, Dookie. Lançado em fevereiro de 1994, e gravado em três semanas, Dookie tornou-se um sucesso comercial, com o apoio da MTV sobre as canções “Longview”, “Basket Case” e “When I Come Around”, todas que alcançaram a primeira posição na parada musical Billboard Modern Rock Tracks. Naquele ano, o Green Day embarcou em uma turnê nacional, com a banda Pansy Division abrindo o show. Em um concerto no Boston Esplanade no dia 9 de setembro de 1994, houve uma confusão, e no fim do tumulto, 100 pessoas ficaram feridas e 45 detidas. A banda também se apresentou no festival de música alternativa Lollapalooza.

A banda em concerto.No festival musical Woodstock ’94, o Green Day foi convidado para fazer uma apresentação, o evento estava sendo transmitido ao vivo em pay-per-view para todo o território dos Estados Unidos e em vários outros países. A apresentação do Green Day atraiu o olhar de telespectadores para aquela banda de punk rock com cabelos coloridos e letras engraçadas. Mas o que marcou a apresentação foi a guerra de lama realizada pelos integrantes da banda, que incentivavam o público a jogarem lama neles. O palco se viu tomado no verdadeiro caos em meio a músicas e lama voando para todos os lados, tanto que no final do show as pessoas começaram a subir no palco, quebrando a barreira de segurança e, no meio dessa confusão, o baixista Mike Dirnt foi confundido com um invasor e acabou sendo derrubado por um dos seguranças perdendo dois dentes. Mas a apresentação no festival, ainda auxiliado pela publicidade e reconhecimento crescente da banda, ajudou a empurrar o seu álbum para o status de diamante. Em 1995, Dookie ganhou o Grammy Award de “Best Alternative Album” (Melhor Álbum Alternativo) e a banda foi indicada para nove prêmios no MTV Video Music Awards, incluindo “Video of the Year” (Vídeo do Ano).

Em 1995, um novo single foi lançado e incluído na trilha sonora do filme Angus, intitulado “J.A.R.”. O single foi direto para a primeira posição na parada Billboard Modern Rock Tracks. A canção foi seguida pelo novo álbum da banda, Insomniac, que foi lançado no outono de 1995. Contudo, o sucesso repentino levou a comunidade punk rock a chamar a banda de vendidos. Insomniac foi uma resposta muito mais agressiva e mais pesada da banda, em comparação com o pop, e mais melódico Dookie. Insomniac recebe uma calorosa recepção da crítica, ganhando 4 de 5 estrelas da revista Rolling Stone. Os singles lançados do álbum foram “Geek Stink Breath”, “Brain Stew/Jaded”, “Walking Contradiction” e “Stuck with Me”. Embora o álbum não tenha chegado nem perto do sucesso de Dookie, ele ainda vendeu dois milhões de cópias nos Estados Unidos. Em 1996, Insomniac rendeu à banda indicações no american Music Awards nas categorias “Favorite Artist” (Artista Favorito), “Favorite Hard Rock Artist” (Artista Favorito de Hard Rock) e “Favorite Alternative Artist” (Artista Alternativo Favorito), e o vídeo de “Walking Contradiction” recebeu uma indicação ao Grammy de “Best Video, Short Form” (Melhor Vídeo, Forma Curta), além de uma indicação de “Best Special Effects” (Melhor Efeitos Especiais) no MTV Video Music Awards. Depois disso, a banda cancelou abruptamente uma turnê europeia, citando a exaustão.

Queda na Popularidade: 1997–2002

Depois de fazer uma pausa em 1996, o Green Day começou a trabalhar em um novo álbum em 1997. Desde o início, tanto a banda quanto o produtor Cavallo concordaram que o álbum tinha que ser diferente de seus lançamentos anteriores. O resultado foi Nimrod, que marcou uma mudança de direção para a banda. O novo álbum foi lançado em outubro de 1997. Nele aparece uma variedade de gêneros, como pop-punk, surf rock, ska e uma balada acústica. O sucesso de “Good Riddance (Time of Your Life)”, levou a banda à ganhar um MTV Video Music Awards de “Best Alternative Video” (Melhor Vídeo Alternativo) para o vídeo da canção. Os outros singles lançados do álbum foram “Nice Guys Finish Last”, “Hitchin’ a Ride” e “Redundant”.

Em 2000, o Green Day lança Warning, mais um passo no estilo que eles tinham insinuado com Nimrod, neste álbum entrava em cena um estilo mais politizado da banda. Apesar de ter produzido os hits “Minority” e “Warning”, alguns críticos chegavam à conclusão de que a banda estava perdendo relevância, e seguido de uma diminuída na popularidade. Apesar de todos os álbuns anteriores do Green Day terem atingido platina dupla, Warning só foi certificado disco de ouro.

No prêmio California Music de 2001, o Green Day ganhou oito prêmios, “Outstanding Album” (Álbum de Destaque) e “Outstanding Punk Rock/Ska Album” (Álbum de Destaque de Punk Rock/Ska) por Warning, “Outstanding Group” (Grupo de Destaque), “Outstanding Male Vocalist” (Vocalista Masculino de Destaque), “Outstanding Bassist” (Baixista de Destaque), “Outstanding Drummer” (Baterista de Destaque), “Outstanding Songwriter” (Compositor de Destaque) e “Outstanding Artist” (Artista de Destaque).

Ainda neste ano, é lançado a coletânea dos maiores êxitos da banda, International Superhits!, seguido da coleção de vídeos musicais International Supervideos!. Em 2002, é lançado a coletânea Shenanigans, que continha alguns b-sides da banda, incluindo “Espionage”, que fez parte da trilha sonora do filme Austin Powers – O Agente Bond Cama, que foi indicada para um Grammy de “melhor performance de rock instrumental”.

American Idiot e Sucesso Renovado: 2003–2006

No verão de 2003, a banda entrou em estúdio para escrever e gravar o novo material para um novo álbum, que seria intitulado Cigarettes and Valentines. Após completarem 20 faixas, as fitas master foram roubadas do estúdio. A banda escolheu não tentar recriar o álbum roubado, mas ao invés disso, começou tudo de novo. Em novembro, o Green Day colaborou com Iggy Pop em duas faixas de seu álbum Skull Ring. Em 1 de fevereiro de 2004, uma nova canção, um cover de “I Fought the Law” fez sua estreia em um comercial do iTunes durante o NFL Super Bowl XXXVIII.

Em 21 de setembro, sai o álbum American Idiot, estreando em primeiro lugar nas paradas da Billboard, sendo a primeira vez que um álbum da banda alcança o topo, apoiado pelo êxito do primeiro single do álbum, “American Idiot”.

Green Day ao vivo na Alemanha durante a turnê de American Idiot.O álbum foi anunciado como um “punk opera rock”, ou mais corretamente, um álbum de conceito contando a história de personagens como “St. Jimmy”, “Jesus of Suburbia” e “Whatsername”. American Idiot ganhou o Grammy 2005 de “Best Rock Album” (Melhor Álbum de Rock) e a banda ‘varreu’ o MTV Music Awards, vencendo um total de sete dos oito prêmios no qual foram indicados, inclusive o “Viewer’s Choice Award” (Prêmio Escolha do Público). Até o fim de 2005, a banda fez uma turnê de divulgação do álbum, com cerca de 150 datas — a mais longa turnê de sua carreira — em visita ao Japão, Austrália, América do Sul e Reino Unido.

As gravações feitas no Milton Keynes National Bowl, na Inglaterra, resultaram no lançamento em CD e DVD ao vivo de Bullet in a Bible, lançado em 15 de novembro. Este álbum contém hits de American Idiot, bem como algumas canções de todos os seus álbuns anteriores, exceto Kerplunk e 1,039/Smoothed Out Slappy Hours. Em 10 de janeiro de 2006, a banda foi premiada com o People’s Choice Awards de grupo favorito. Em 2006, o Green Day ganhou o Grammy de “Record of the Year” (Gravação do Ano), com a canção “Boulevard of Broken Dreams”, que passou 16 semanas seguidas na primeira posição na parada musical Billboard Modern Rock Tracks, um recorde que partilhava até aquele momento com Red Hot Chili Peppers, com “Scar Tissue” e “It’s Been Awhile”.

O grupo esteve no filme Live Freaky! Die Freaky!, junto de outras bandas punk da Bay Area, de San Francisco. O filme teve a direção de John Roecker. Nesta época, os integrantes afirmaram que a era American Idiot havia acabado. Ainda em 2006, em parceria com o U2, fizeram uma apresentação juntos e cantaram um cover de “The Saints Are Coming”, do The Skids. Todo o dinheiro arrecadado por este single foi doado para ajudar as pessoas atingidas pelo Furacão Katrina.

Foxboro Hot Tubs e 21st Century Breakdown: 2007–Presente

Em 2007, saiu um cover da canção “Working Class Hero” de John Lennon cantada pelo Green Day, essa música faz parte do álbum Instant Karma, de homenagem a John, em que participaram outros artistas como U2, Aerosmith, Black Eyed Peas, Snow Patrol, Ben Harper, Avril Lavigne, entre outros. A banda tem se envolvido em vários outros projetos de menor dimensão, no tempo após a promoção de American Idiot. No final de 2007, uma banda nova surgiu, e suas músicas foram divulgadas na Internet. Mais tarde, foi divulgado no site oficial do Green Day, que era um “projeto secreto” organizado pelo grupo, que se chama Foxboro Hot Tubs. Eles lançaram um álbum sob o nome desta banda intitulado Stop Drop and Roll!!!. Em 2008, o Foxboro Hot Tubs fez uma mini-turnê para promover o lançamento, atingindo pequenos estabelecimentos da Bay Area, incluindo o Stork Club, em Oakland e Toot’s Tavern em Crockett, Califórnia.

Green Day durante um show secreto no Kesselhaus, Berlim, em 7 de maio de 2009.Em uma entrevista com Carson Daly, a vocalista do Garbage, Shirley Manson revelou que Butch Vig estaria produzindo o próximo álbum do Green Day. O período de quase cinco anos entre American Idiot e 21st Century Breakdown foi o maior intervalo entre os álbuns de estúdio da carreira do grupo. A banda começou a trabalhar em um material novo em janeiro de 2006. Em outubro de 2007, Armstrong tinha 45 canções escritas, mas a banda ainda não mostrava sinais de progresso até outubro de 2008, quando um vídeo do grupo gravando com o produtor Butch Vig no estúdio foi postado no YouTube. Dois vídeos mostrando a banda no estúdio foram postados. O processo de escrita e gravação, abrangendo três anos e quatro estúdios de gravação, foi finalmente concluído em abril de 2009.

O novo álbum, intitulado 21st Century Breakdown, foi lançado mundialmente em 15 de maio de 2009, tendo recebido elogios de Krist Novoselic, da banda Nirvana. O álbum teve um recepção positiva da crítica, principalmente, obtendo uma média entre 4 e 5 estrelas. Após o lançamento, o álbum ficou em primeiro nas paradas em quatorze países diferentes, atingindo ouro ou platina em cada um. O desempenho de 21st Century Breakdown nas paradas é o melhor atingido pelo Green Day até o momento. Quatro singles foram lançados, “Know Your Enemy”, “21 Guns”, “East Jesus Nowhere” e “21st Century Breakdown”, sendo que este segundo também faz parte da trilha sonora do filme Transformers: Revenge of the Fallen.

No MTV Video Music Awards de 2009, “21 Guns” levou três prêmios, se tornando o videoclipe mais premiado da noite, junto com “Single Ladies” e “Poker Face”, de Beyoncé e Lady Gaga, respectivamente. A banda também se apresentou na premiação tocando a canção “East Jesus Nowhere”. Já no GRAMMY Awards, a banda levou pela segunda vez o prêmio de Best Rock Album (Melhor Álbum de Rock).

Integrantes
Membros Atuais

Billie Joe Armstrong – vocal, guitarra (1987–presente)
Mike Dirnt – baixo, vocal de apoio (1987–presente)
Tré Cool – bateria, percussão, vocal de apoio (1990–presente)

Membros de Turnê

Jason White – guitarra, vocal de apoio (1999–presente)
Jason Freese – teclado, piano, guitarra acústica, trombone, saxofone, acordeon, vocal de apoio (2003–presente)
Jeff Matika – guitarra rítmica, vocal de apoio (2009–presente)

Membros Anteriores

John Kiffmeyer – bateria, percussão, vocal de apoio (1987–1990)

Membros de Turnê Anteriores

Timmy Chunks – guitarra rítmica (1997–1999)
Garth Schultz – trombone, trompete (1997–1999)
Gabrial McNair – trombone, saxofone tenor (1999–2001)
Kurt Lohmiller – trompete, tímpanos, percussão, vocal de apoio (1999–2004)
Mike Pelino – guitarra rítmica, vocal de apoio (2004–2005)
Ronnie Blake – trompete, tímpanos, percussão, vocal de apoio (2004–2005)

Texto: Wikipedia

DISCOS

1. 1,000 Hours
2. Dry Ice
3. Only Of You
4. The One I Want

1. Paper Lanterns
2. Why Do You Want Him?
3. 409 In Your Coffeemaker
4. Knowledge

1. At The Library
2. Don’t Leave Me
3. I Was There
4. Disappearing Boy
5. Green Day
6. Going To Pasalacqua
7. 16
8. Road To Acceptance
9. Rest
10. The Judges Daughter

1. Sweet Children
2. Best Thing In Town
3. Strangeland
4. My Generation

1. At The Library
2. Don’t Leave Me
3. I Was There
4. Disappearing Boy
5. Green Day
6. Going To Pasalacqua
7. 16
8. Road To Acceptance
9. Rest
10. The Judge’s Daughter
11. Paper Lanterns
12. Why Do You Want Him
13. 409 In Your Coffeemaker
14. Knowledge
15. 1,000 Hours
16. Dry Ice
17. Only Of You
18. The One I Want
19. I Want To Be Alone

1. 2000 Light Years Away
2. One For The Razorbacks
3. Welcome To Paradise
4. Christie Road
5. Private Ale
6. Dominated Love Slave
7. One Of My Lies
8. 80
9. Android
10. No One Knows
11. Who Wrote Holden Caulfield
12. Words I Might Have Ate
13. Sweet Children
14. Best Thing In Town
15. Strangeland
16. My Generation

1. Welcome To Paradise
2. One Of My Lies
3. Chump
4. Longview
5. Burnout
6. 2,000 Light Years Away

1. Burnout
2. Having A Blast
3. Chump
4. Longview
5. Welcome To Paradise
6. Pulling Teeth
7. Basket Case
8. She
9. Sassafras Roots
10. When I Come Around
11. Coming Clean
12. Emenius Sleepus
13. In The End
14. F.O.D. – All By Myself

*All By Myself” é uma faixa bônus escondida em “F.O.D.”, escrita e cantada pelo baterista Tré Cool.

1. Armatage Shanks
2. Brat
3. Stuck With Me
4. Geek Stink Breath
5. No Pride
6. Babs Uvula Who
7. 86
8. Panic Song
9. Stuart And The Ave
10. Brain Stew
11. Jaded
12. Westbound Sign
13. Tight Wadd Hill
14. Walking Contradiction

1. Going To Pasalaqua
2. Welcome To Paradise
3. Geek Stink Breath
4. One Of My Lies
5. Stuck With Me
6. Chump
7. Longview
8. 2000 Light Years Away
9. When I Come Around
10. Burnout
11. F.O.D.

1. Armatage Shanks
2. Brainstew
3. Jaded
4. Knowledge
5. Basketcase
6. She
7. Walking Contradiction

1. Nice Guys Finish Last
2. Hitchin’ A Ride
3. The Grouch
4. Redundant
5. Scattered
6. All The Time
7. Worry Rock
8. Platypus (I Hate You)
9. Uptight
10. Last Ride In
11. Jinx
12. Haushinka
13.Walking Alone
14. Reject
15. Take Back
16. King For A Day
17. Good Riddance (Time Of Your Life)
18. Prosthetic Head

1. Warning
2. Blood, Sex And Booze
3. Church On Sunday
4. Fashion Victim
5. Castaway
6. Misery
7. Deadbeat Holiday
8. Hold On
9. Jackass
10. Waiting
11. Minority
12. Macy’s Day Parade

1. Church On Sunday
2. Castaway
3. Blood, Sex And Booze
4. King For A Day
5. Waiting
6. Minority
7. Macy’s Day Parade

1. Maria
2. Poprocks & Coke
3. Longview
4. Welcome To Paradise
5. Basket Case
6. When I Come Around
7. She
8. J.A.R. (Jason Andrew Relva)
9. Geek Stink Breath
10. Brain Stew
11. Jaded
12. Walking Contradiction
13. Stuck With Me
14. Hitchin’ A Ride
15. Good Riddance (Time Of Your Life)
16. Redundant
17. Nice Guys Finish Last
18. Minority
19. Warning
20. Waiting
21. Macy’s Day Parade

1. Suffocate
2. Desensitized
3. You Lied
4. Outsider
5. Don’t Wanna Fall In Love
6. Espionage
7. I Want To Be On TV
8. Scumbag
9. Tired Of Waiting
10. Sick Of Me
11. Rotting
12. Do Da Da
13. On The Wagon Again
14. Ha Ha You’re Dead

1. American Idiot
2. Jesus Of Suburbia
3. Holiday
4. Boulevard Of Broken Dreams
5. Are We The Waiting
6. St. Jimmy
7. Give Me Novacaine
8. She’s A Rebel
9. Extraordinary Girl
10. Letterbomb
11. Wake Me Up When September Ends
12. Homecoming
13. Whatsername

1. American Idiot
2. Jesus Of Suburbia
3. Holiday
4. Are We The Waiting
5. St. Jimmy
6. Longview
7. Hitchin’ A Ride
8. Brain Stew
9. Basket Case
10. King For A Day – Shout
11. Wake Me Up When September Ends
12. Minority
13. Boulevard Of Broken Dreams
14. Good Riddance (Time Of Your Life)

1. 409 In Your Coffee Maker
2. Welcome To Paradise
3. 2,000 Light Years Away
4. The Judge’s Daughter
5. Christy Road
6. Only Of You
7. Who Wrote Holden Caufield?
8. Going To Pasalacqua
9. Paper Lanterns
10. One Of My Lies
11. Country Hoedown AKA Dominated Love Slave
12. F.O.D
13. Words I Might Have Ate
14. Chump
15. Longview
16. Basket Case
17. When I Come Around
18. Burnout

1. Stop Drop And Roll
2. Mother Mary
3. Ruby Room
4. Red Tide
5. Highway 1
6. She’s A Saint Not A Celebrity

1. Song Of The Century
2. 21st Century Breakdown
3. Know Your Enemy
4. !Viva La Gloria!
5. Before The Lobotomy
6. Christian’s Inferno
7. Last Night On Earth
8. East Jesus Nowhere
9. Peacemakers
10. Last Of The American Girls
11. Murder City
12. ¿Viva La Gloria? (Little Girl)
13. Restless Heart Syndrome
14. Horseshoes And Handgrenades
15. The Static Age
16. 21 Guns
17. American Eulogy
18. See The Light

1. American Idiot (Live)
2. Jesus Of Suburbia (Live)
3. Holiday (Live)
4. Are We Waiting (Live)
5. St. Jimmy (Live)
6. Boulevard Of Broken Dreams (Live)

1. 21 Guns
2. Welcome To Paradise
3. Brain Stew/Jaded
4. F.O.D.

1. 21st Century Breakdown
2. Know Your Enemy
3. Last Of The American Girls
4. 21 Guns
5. American Eulogy
6. Basket Case
7. Geek Stink Breath

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: